29 maio 2008

Amálgama

Não consigo deixar de pensar...
A minha pulsação dispara a cada lembrança.
Passemos das palavras aos actos, não há tempo para cobardias!
A expectativa do que poderá ser consome-me o tempo....
Não durmo.
Dou voltas e voltas, enrolada nos lençóis e nas promessas da tua voz.
Audácia?
Não me deixes à espera só para me provares que és audacioso.
Tenho pressa, muita pressa...


Passion_by_jeffslater

Sem comentários:

Enviar um comentário